sábado, 25 de maio de 2013

Humaitá se consolida como polo de produção de peixes, diz Omar que segue para Nova Olinda do Norte neste domingo

Fonte:  Portal D24am.com
Em Humaitá, ele lançou a pedra fundamental do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti)
Governador segue viagem pelo interior neste final de semana
Manaus - Humaitá (a 591 km de Manaus) será um dos polos de piscicultura do Amazonas e vai abastecer os municípios da calha do rio Madeira com a produção de pós-larvas, alevinos e peixes. O anúncio foi feito pelo governador do Amazonas, Omar Aziz, durante viagem aos municípios da região do rio Madeira, iniciada na sexta-feira (23).

Em Humaitá, ele lançou a pedra fundamental do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti), entregou implementos agrícolas a produtores rurais e anunciou pacote de obras de mais de R$ 67, 9 milhões. Em Santo Antonio do Matupi e Apuí, também anunciou investimentos superiores a R$ 54 milhões. A comitiva que acompanha o governador conta com a presença da presidente do Fundo de Promoção Social (FPS), primeira-dama do Estado Nejmi Aziz, e o vice-governador José Melo.

Até junho, o Governo do Estado deve inaugurar em Humaitá um Centro de Tecnologia em Piscicultura, com investimentos de R$ 2 milhões. Uma área de quatro hectares, com onze tanques de alevinagem e dez de engorda, com capacidade de produção de três milhões de alevinos, de tambaqui e matrinxã, entrou em operação esse ano. Durante visita ao local, no sábado, Omar Aziz ressaltou que devido aos investimentos Humaitá deve se tornar o maior produtor de peixe do Estado em pouco tempo.

"Vai ser um negócio que vai despontar e nós vamos produzir muito peixe. Humaitá será com certeza um dos maiores produtores do Amazonas. Nos próximos anos isso vai proliferar no município e no Sul do Estado. Muda-se o conceito de que nessa região as pessoas não queriam trabalhar sustentavelmente. Por isso, a BR-319 é muito importante. Já demorou muito. É preciso tomar uma decisão e colocar para ser feita", enfatizou.

O Centro de Tecnologia em Piscicultura, com obras em fase final, funcionará na mesma área dos tanques de alevinagem. "Não existia nada disso e hoje temos um laboratório com tecnologia para produzir alevinos, que seguem para engorda nos tanques e daí estão prontos para serem vendidos ao mercado consumidor a um preço acessível", disse Omar Aziz.

As 200 famílias que vão trabalhar diretamente na atividade de produção dos peixes em articulação com o centro já foram selecionadas pela Secretaria de Produção Rural (Sepror). Somado ao Centro Tecnológico da área já existente em Balbina (a 117 quilômetros de Manaus), a produção de pós-larvas, que é o alevino em estágio laboratorial, deve ultrapassar 40 milhões de unidades no Estado. E dos alevinos, que é o peixe nos tanques, de 30 milhões de unidades.

Pacote de obras

Em viagem a Humaitá, o governador Omar Aziz assinou a ordem de serviço para a construção do Ceti, no valor de R$ 15,8 milhões. Anunciou a construção de mais uma etapa de 650 quilômetros de extensão da orla do município, o recapeamento de mais 80 quilômetros das ruas, a construção de escola indígena, reforma do mercado municipal, a parceria com a Prefeitura para a adaptação de 96 casas pelo Viver Melhor. "Aqui nós já recuperamos 60 quilômetros das ruas, construímos ainda a ponte ligando os bairros de olaria a São Francisco e a orla da cidade", lembrou o governador, afirmando que na área de segurança até o final do ano o Ronda no Bairro chega ao município.

Omar Aziz determinou, ainda, a liberação de R$ 4,7 milhões para a compra dos equipamentos para o hospital de Humaitá, que deverá ser inaugurado até agosto, com 40 leitos e centro cirúrgico. A obra é no valor de R$ 10 milhões entre obras e equipamentos.

Ação Social

Na agenda em Humaitá, a presidente do FPS, primeira-dama Nejmi Aziz, entregou equipamentos e materiais permanentes para a estrutura de uma oficina de corte e costura para a Associação Clube de Mães Unidas, beneficiando 71 famílias. De acordo com Nejmi Aziz, outros projetos que somam R$ 2,5 milhões de organizações sociais de Humaitá estão em análise no FPS.

Matupi - Em Santo Antônio do Matupi, o governador anunciou R$ 22 milhões em investimentos, que inclui R$ 8 milhões em obras e equipamentos de um novo hospital-maternidade no distrito. Os novos investimentos contemplam, ainda, a pavimentação de 23 quilômetros de malha viária, no valor de R$ 14 milhões, e a reforma e ampliação da Escola Estadual Santo Antônio do Matupí, além de uma delegacia, que deve ser implantada no município até o final do ano. Omar Aziz anunciou ainda reforço na área de segurança, com o envio de novas viaturas policiais e, na área de saúde, com mais uma ambulância.

Para o setor primário, o governador adiantou que a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), em conjunto com o sistema Sepror, vai trabalhar no apoio a melhoria da piscicultura e pecuária no distrito.

Em Apuí, os investimentos somam R$ 32 milhões e contemplam a recuperação de malha viária, incluindo 35 ramais usados por mais de mil produtores rurais, uma escola padrão com 12 salas, implantação de um novo núcleo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), e de tanques para produção de leite, além da aquisição de duas ambulâncias e uma ambulancha.

Outros municípios

A viagem segue neste sábado para Manicoré e Novo Aripuanã, onde também haverá anúncios de investimentos e visita a obras. No domingo, o governador Omar Aziz segue para Borba, onde inaugura uma estação de alevinagem, lança pacote de obras, entrega implementos agrícolas e kits sangria, além de casas a produtores rurais. Depois de Borba, a comitiva segue para a comunidade Foz do Anumã, onde serão entregues implementos agrícolas e kits sangria para seringueiros, e segue para Nova Olinda do Norte, para lançamento de pacote de obras e entrega de implementos agrícolas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cadastre seu email abaixo e receba os destaques do NON Hoje